Home » BIM e facility management » Sistema de vigilância para pontes: métodos e ferramentas para realizá-lo

Sistema de vigilância para pontes: métodos e ferramentas para realizá-lo

Sistema de vigilância para pontes de acordo com as diretrizes: uma visão sistemática e baseada em riscos da segurança e da manutenção

A realização de atividades planejadas para gerenciar a segurança estrutural das pontes, através do sistema de vigilância para pontes, controle, inspeção e monitoramento, é uma tarefa precisa dos órgãos públicos e gestores privados.

Para a realização dessas atividades, é necessário o cumprimento dos procedimentos gerais, critérios e requisitos mínimos. O uso de um software de gerenciamento de pontes para simplificar a manutenção de pontes e garantir os mais altos padrões de segurança e eficiência também pode ser um apoio considerável.

A imagem mostra um sistema de vigilância para pontes: gerenciando a infraestrutura existente com o software de gerenciamento de pontes

Sistema de vigilância para pontes: gerenciando a infraestrutura existente com o software de gerenciamento de pontes

A importância do sistema de vigilância para pontes

O sistema de vigilância, em sua essência, representa o complexo das atividades de controle, inspeção e monitoramento das obras de arte de infraestrutura, com o objetivo principal de garantir a disponibilidade, funcionalidade e manutenção das condições de segurança da infraestrutura. Essas atividades incluem aspectos organizacionais e ferramentas operacionais com os procedimentos relevantes sobre as maneiras pelas quais os dados relacionados à condição e funcionalidade das pontes são coletados, analisados e interpretados.

A estratégia baseada no risco

As atividades de vigilância e monitoramento de uma ponte são estruturadas de acordo com a chamada estratégia “baseada em risco”, dependendo da classificação da ponte em seu estado atual. As atividades de vigilância incluem:

  • inspeções de rotina;
  • inspeções extraordinárias;
  • ensaios estáticos e dinâmicos ocasionais;
  • instalação de sistemas de monitoramento instrumental em modo periódico ou permanente.

Monitoramento instrumental e redução de riscos

A implementação de um sistema de monitoramento instrumental permanente pode ser considerada entre as estratégias de redução de riscos. Essa opção, embora não afete diretamente a atribuição da classificação, pode ajudar a reduzir o esforço para as inspeções, possivelmente reduzindo sua frequência. No entanto, essa escolha só pode ser adotada após um período adequado de experimentação e desenvolvimento de sistemas instrumentais de monitoramento.

Evidências da gestão adequada da infraestrutura

O sistema de vigilância fornece evidências da gestão correta da infraestrutura de acordo com as Diretrizes e fornece suporte para o planejamento de investimentos em manutenção a serem adotados tanto para o trabalho único quanto para toda a rede.

O sistema de identificação de pontes e elementos de construção

A base operacional para a condução das atividades de monitoramento, para a síntese e para a análise e interpretação dos dados é representada pelo sistema de identificação de pontes e elementos construtivos. Este sistema é formalizado e documentado em uma série de manuais e/ou procedimentos operacionais que lidam com os diferentes aspectos da gestão da segurança da ponte.

O papel do software no armazenamento de dados

Um componente crucial do sistema de vigilância é o software de armazenamento de dados, que é necessário para armazenar e processar dados e apoiar decisões. Este tipo de software também é chamado de BMS (Bridge Management System) e oferece suporte indispensável para a interpretação de dados de inspeções e monitoramento instrumental.

Na prática, com uma ferramenta BMS você gerencia melhor e com um único banco de dados, o armazenamento e a organização de todas as informações relacionadas a pontes.

Você pode centralizar qualquer informação (localização, idade, tipo, material, etc.) em um único arquivo em nuvem, a fim de tornar os dados acessíveis a todos os atores envolvidos no gerenciamento das pontes e poder atualizar facilmente a documentação de qualquer lugar e com qualquer dispositivo.

Você sempre tem uma visão completa de todas as informações para a manutenção das pontes e você pode:

  • identificar quaisquer problemas com antecedência;
  • planejar intervenções oportunas;
  • planejar inspeções;
  • dados de inspeção de arquivo;
  • avaliar a eficácia das ações implementadas ao longo do tempo;
  • programar intervenções de manutenção preventiva.

Gestão e manutenção do tráfego: decisões orientadas pelo sistema de vigilância

O sistema de vigilância para pontes deve definir as decisões a tomar pelo operador (organismos públicos ou operadores testados) com base nos resultados da monitorização e nas classes de atenção atuais e atuais. Isso inclui auditorias de segurança e decisões consequentes, como planejar atividades de manutenção a médio prazo. Graças a esta estratégia sistemática baseada no risco, é possível garantir a segurança e a funcionalidade de infraestruturas cruciais, como pontes.

 

usbim
usbim