Home » BIM e Projeto de construção » Arquitetura paisagista: 8 motivos para usá-la

Arquitetura paisagista: 8 motivos para usá-la

A arquitetura paisagista permite a criação de ambientes naturais confortáveis e sustentáveis. Descubra as 8 razões importantes para usá-la

Planejar, programar e conceber o ambiente ao redor dos edifícios não é mais uma opção: manter nosso ambiente em equilíbrio, com foco em ecologia, recursos naturais e qualidade do ar é agora muito importante.

Portanto, neste artigo, concentraremos nossa atenção nas razões pelas quais a arquitetura paisagista é tão importante e entenderemos juntos como um programa para paisagismo ajudará em suas tarefas.

Por que a arquitetura paisagista é importante?

A arquitetura paisagista, centrada no estudo e desenho dos recursos ambientais do nosso ecossistema, visa a sustentabilidade do espaço envolvente, adquirindo grande importância.

Abaixo listamos 8 dos principais usos da arquitetura paisagista que tornam esta disciplina de fundamental importância:

  1. conservação dos ambientes naturais
  2. Gestão das águas pluviais
  3. Regeneração de áreas poluídas
  4. Limpeza do solo
  5. Purificação do ar
  6. Cuidados com as plantas
  7. Controle de temperatura
  8. Desenvolvimento de atividades ao ar livre
A imagem ilustra um projeto de arquitetura paisagista

Projeto de arquitetura paisagista

1. Conservação dos ambientes naturais

Ambientes naturais – ricos em plantas, árvores e jardins – são parte integrante das cidades modernas e representam seu carro-chefe. Mais e mais pessoas estão tentando escapar do barulho e do caos da cidade para se esconder nesses oásis “calmos”.

A arquitetura paisagista oferece inúmeras ideias e soluções voltadas para a proteção e conservação desses espaços.

2. Manejo das águas pluviais

A poluição ambiental e as mudanças climáticas estão afetando o abastecimento de água em muitas áreas da Terra.

A arquitetura paisagista combate essa escassez, identificando métodos alternativos para o gerenciamento da água, como a coleta e o armazenamento de água da chuva, que é rapidamente redirecionada para o lençol freático.

3. Regeneração de áreas poluídas

A arquitetura paisagista identifica técnicas para regenerar áreas poluídas. Uma dessas técnicas é o plantio, que representa uma solução para ser usada em áreas deixadas inutilizáveis por fábricas e indústrias.

4. Limpeza do solo

Outro problema que é abordado pela arquitetura paisagista é o da contaminação do solo. Entre as soluções mais comuns está a fitodepuração, que usa plantas para remover a degradação e a poluição dos solos, lamas e águas subterrâneas e superficiais.

5. Purificação do ar

O arquiteto paisagista também pode fazer escolhas para melhorar a qualidade do ar da área de intervenção. Isso é possível graças à previsão oportuna e ponderada de áreas destinadas a vegetação pública (com árvores, arbustos, plantas, etc.), de modo a absorver a poluição do ar e tornar o ar mais limpo.

A imagem mostra um projeto de floresta vertical com arborização urbana -Arquitetura paisagista

Floresta vertical | Projeto de arborização urbana

6. Cuidados com as plantas

O crescimento adequado das plantas é influenciado por uma série de fatores:

  • qualidade do solo;
  • exposição solar;
  • quantidade de água;
  • proteção contra pragas.

O arquiteto paisagista coloca no centro de seu trabalho o cuidado com as plantações e a busca pelo equilíbrio entre esses fatores e garante o posicionamento correto das plantas e a composição correta do solo para o seu crescimento.

7. Controle de temperatura

O aumento constante das áreas urbanas e do desmatamento tem contribuído para o aumento da temperatura dentro dos centros populacionais.

Ao criar jardins e parques que purificam o ar, a arquitetura paisagística pode ajudar a controlar e mitigar o impacto das mudanças climáticas.

8. Desenvolvimento de atividades ao ar livre

A tarefa dos paisagistas é a criação de ambientes naturais ao ar livre, como parques, jardins, abrigos naturais, onde as pessoas podem relaxar fora de suas casas e obter mais oportunidades de lazer e lazer.

Quais são os benefícios de usar um software para a arquitetura paisagista?

Projetar um espaço natural ao ar livre é uma atividade demorada, porque há muitos aspectos a serem levados em conta, desenvolvendo diferentes ambientes.

Te recomendamos, por esta razão, usar gratuitamente um programa para paisagismo que te permite:

  • modelagem digital rápida do terreno, simulando as várias camadas;
  • realizar muitos projetos, como parques, terraços, pátios, monumentos, jardins, reservas, áreas urbanas, etc.;
  • apresentar o projeto de forma clara e consistente através de renderizações fotorrealistas e em tempo real;
  • ter a oportunidade de criar trabalhos inovadores, superando a concorrência no mercado.

 

edificius
edificius