Levantamento com scanner a laser: conheça os 8 tipos

O levantamento com scanner a laser na construção é usado para levantar uma estrutura de forma mais segura e eficiente. Conheça os 8 tipos

Em qualquer tipo de projeto arquitetônico, seja uma construção nova, uma reforma ou uma recuperação de conservação, o levantamento de construção é certamente o primeiro passo a dar para:

  • determinar as características geométricas e técnicas de um edifício em caso de intervenção nele, na morfologia do terreno e nas condições ao redor;
  • criar um modelo de um já existente para obter representações gráficas apropriadas;
  • ponderar as opções de design no modelo criado.

Para desenvolver o levantamento de um edifício já existem técnicas digitais muito avançadas, como a fotogrametria ou a digitalização a laser 3D. Os dados provenientes dessas tecnologias de pesquisa digital permitem iniciar o processo “Scan to BIM”, cujo resultado é um modelo BIM detalhado e preciso do existente.

Para criar facilmente modelos BIM a partir da nuvem de pontos obtida com o scanner a laser, recomendo que você use um software para conversão de nuvem de pontos em modelos BIM.

Mas primeiro vamos nos aprofundar no que se entende por  levantamento com scanner a laser na construção e descobrir como nossa maneira de detectar e projetar pode melhorar.

O que é um levantamento com scanner a laser?

Um levantamento a laser é o levantamento feito com um scanner a laser 3D, que atualmente representa o método mais inovador.

Um levantamento escaneado a laser constitui um método confiável para obter os dados dimensionais e técnicos de um ambiente construído, pois permite processar uma quantidade considerável de dados em pouco tempo e com poucos recursos.

O scanner a laser 3D realiza um levantamento real do edifício na forma de uma nuvem de pontos densa, que é importada para o software 3D BIM com o objetivo de criar modelos as-built, ou seja, modelos BIM que descrevem com precisão o estado das coisas, a construção como ela é construída.

Desta forma, um projetista pode otimizar os tempos e custos de um levantamento, acessar locais de difícil detecção e gerenciar modelos completos desde os primeiros estágios de aquisição.

 

A imagem mostra um homem trabalhando com o laser scanner

Trabalho com laser scanner

 

8 principais tipos de aplicação no campo da construção

O uso  de levantamento com scanner a laser na construção envolve muitos campos, aqui estão os principais:

  1. arquitetura e novos edifícios: o escaneamento a laser 3D é usado para realizar levantamentos dimensionais precisos, de forma rápida e econômica. Os dados obtidos permitem gerar uma nuvem de pontos que será usada para construir o modelo tridimensional com superfícies, volumes, vistas e, finalmente, modelos completos como construídos. As soluções de laser 3D evitam o reprocessamento de dados, identificando erros já nas fases iniciais do projeto.
  2. Conservação do patrimônio cultural: a digitalização a laser permite documentar, analisar e monitorar até monumentos ou edifícios históricos. As nuvens de pontos obtidas podem ser estudadas para identificar todos os possíveis riscos aos quais as estruturas podem estar sujeitas, em particular, juntamente com fotos, ortofotos, fotos de 360 ° formam a base para a análise de degradação. Todos os dados também podem ser arquivados digitalmente para criar um arquivo digital.
  3. Projeto de prédios industriais: as plantas de produção, máquinas e equipamentos presentes também podem ser detectados durante a operação das máquinas, pois o levantamento a laser é realizada sem contato. Desta forma é fácil investigar as plantas para otimizar a produção e expandir as capacidades de produção.
  4. Projeto de infraestrutura civil: o levantamento a laser é um método muito confiável e seguro para gerenciar tanto a criação de novas pontes, ferrovias, rodovias, aeroportos quanto o levantamento da infraestrutura existente para planejar intervenções de reestruturação.
  5. Planejamento urbano: detectar o ambiente construído com scanners a laser 3D e convertê-los em modelos das várias áreas urbanas permite simplificar o processo de digitalização dos edifícios e otimizar o desenvolvimento dos serviços e da própria cidade.
  6. Manutenção de sistemas elétricos e de energia: usinas de energia certamente são ambientes inseguros, mas ao mesmo tempo exigem manutenção constante para permanecer sempre o mais eficiente possível. O levantamento com scanner a laser representa a melhor solução para adquirir dados mantendo a distância de segurança correta.
  7. Controle e gestão de indústrias químicas: contêineres, tubulações, armazéns e refinarias são detectados sem contato e sem auxílio de andaimes de apoio.
  8. Arquitetura naval e aeronaves: detectar aviões ou navios é muito mais fácil com o uso de um scanner a laser 3D; as geometrias de estruturas complexas e peças mecânicas são detectadas corretamente e transformadas em modelos 3D digitais para serem utilizados sem erros rapidamente.

Se está dando os primeiros passos com o levantamento com scanner a laser 3D, se ocupa de processos BIM orientados para a gestão de grandes infraestruturas existentes, recuperação do património histórico e monumental ou ainda está na área da concepção de novos setores da construção, convidamos a conhecer um software para conversão de nuvem de pontos em modelos BIM, uma ferramenta poderosa que direciona você, em poucos passos, transformando sua nuvem de pontos em um modelo de informações completo.

 

edificius
edificius