Home » Exemplo de projeto BIM » Como projetar um salão de beleza: o guia técnico completo e profissional com modelo BIM

Como projetar um salão de beleza: o guia técnico completo e profissional com modelo BIM

Como projetar um salão de beleza: confira o guia com esquemas funcionais e de distribuição, esquema elétrico e um exemplo prático realizado com um software de arquitetura BIM pronto para download

O artigo de hoje pretende mostrar-lhe os vários passos e truques que você precisa conhecer para o projeto correto de um salão de beleza.

Serão fornecidas referências regulamentares, modelo 3D, diagramas funcionais e de distribuição úteis como referência em projetos futuros.

Lembre-se que é possível baixar gratuitamente o modelo 3D de projeto de salão de beleza, e que poderá abri-lo e editá-lo com um software de projeto arquitetônico 3D, para experimentar em primeira mão as vantagens desta ferramenta.

A imagem mostra a sala de massagem de um salão de beleza

Sala de massagem — Render realizado com o software Edificius

Normas de referência

Ao projetar um salão de beleza, é fundamental levar em conta as normas que seguem.

Como projetar um salão de beleza: esquemas funcionais e de distribuição

O projeto de um salão de beleza deve prever um conjunto de fatores diferentes mas harmônicos, afim de criar um ambiente acolhedor para o cliente. A correta distribuição dos espaços, o respeito das normas e o aspecto estético são fundamentais para esse tipo de atividade, cada vez mais procurada aos projetistas.

O projeto arquitetônico de um centro estético, em suma, consiste em criar uma atividade comercial destinada a oferecer tratamentos para a beleza e o bem-estar do corpo, em um ambiente relaxante e acolhedor.

O crescimento contínuo do setor e sua evolução levaram ao desenvolvimento de outros serviços associados ao tradicional centro de beleza pretendido. Para isso, dependendo do tamanho da unidade imobiliária disponível, é possível fornecer espaços para: solário, maquiagem, tatuagens, cabeleireiro, arte de unhas, etc.

Uma vez que um salão de beleza pode desempenhar várias funções, ele pode variar no laioute dos espaços. Segue um esquema planimétrico com um dos laioutes mais comuns em termos de espaços e dispositivos.

Todos os esquemas, pranchas gráficas e renders que seguem foram gerados com o software Edificius.

Lembre-se que é possível baixar gratuitamente a versão de teste do software de projeto arquitetônico Edificius, abrir nele os projetos de salão de beleza, editá-los livremente e criar seu próprio projeto com as dicas que te fornecemos.

Projeto de um salao de beleza: esquema de distruicao e funcoes realizado com o software de arquitetura BIm Edificius

Esquema espaços e funções — Realizado com o software Edificius

A imagem mostra a sala de massagem de um salão de beleza

Sala de espera | Render realizado com Edificius

Entrada

As características deste espaço dependem de vários fatores, que contribuem para tornar o próprio ambiente acolhedor e confortável. Em particular, é essencial valorizar o fator estético a fim de encantar imediatamente o cliente.

Banheiros

Instalações sanitárias para os clientes

Como para qualquer atividade aberta ao público, é necessário seguir os critérios de usabilidade para pessoas com deficiência e, portanto, fornecer instalações sanitárias com dimensões que não impeçam a fácil utilização das mesmas.

Geralmente, as medidas previstas para o dimensionamento devem satisfazer os seguintes requisitos:

  • circulação com o giro de 360°, ou seja, 1,50 metro de diâmetro no mínimo. Observe que este critério vale também nos vestiários.
  • Transferência lateral, perpendicular e diagonal para a bacia sanitária (1.20 x 80).
  • A área de manobra pode utilizar no máximo 0,10 m sob a bacia sanitária e 0,30 m sob o lavatório.
  • Deve ser instalado lavatório sem coluna ou com coluna suspensa ou lavatório sobre tampo, dentro do sanitário ou boxe acessível, em local que não interfira na área de transferência para a bacia sanitária, podendo sua área de aproximação ser sobreposta à área de manobra.
  • Os lavatórios devem garantir altura frontal livre na superfície inferior, e na superfície superior de no máximo 0,80 m, exceto a infantil.
  • Quando a porta instalada for do tipo de eixo vertical, deve abrir para o lado externo do sanitário ou boxe e possuir um puxador horizontal no lado interno do ambiente, medindo no mínimo 0,40 m de comprimento, afastamento de no máximo 40 mm e diâmetro entre 25 mm e 35 mm.

Para mais informações, leia o artigo de aprofundamento “Como fazer projeto de banheiro PNE: o guia profissional“.

Instalações sanitárias para o pessoal

Sendo um ambiente reservado para o pessoal, não é necessário levar em conta as dimensões mínimas exigidas para pessoas com deficiência.

Conforme a Norma Regulamentadora do Ministério do Trabalho e Emprego – NR 24 – Condições sanitárias e de conforto nos locais de trabalho, as áreas destinadas aos sanitários deverão atender às dimensões mínimas essenciais. O órgão regional competente em Segurança e Medicina do Trabalho poderá, a vista de perícia local, exigir alterações de metragem que atendam ao mínimo de conforto exigível. É considerada satisfatória a metragem de 1 metro quadrado, para cada sanitário, por 20 operários em atividade.

Além disso, as instalações sanitárias deverão fazer parte integrante do alojamento ou estar localizadas a uma distância máxima de 50 metros do mesmo.

Os vestiários devem ser dimensionados em função do número de trabalhadores que necessitam utilizá-los, até o limite de 750 (setecentos e cinquenta) trabalhadores, conforme o seguinte cálculo: área mínima do vestiário por trabalhador = 1,5 m² (nº de trabalhadores/1000). Em estabelecimentos com mais de 750 (setecentos e cinquenta) trabalhadores, os vestiários devem ser dimensionados com área de, no mínimo, 0,75 m² (setenta e cinco decímetros quadrados) por trabalhador. Se o espaço permitir, o vestiário também pode prever um depósito de modo a concentrar numa única área todas as funções destinadas ao pessoal.

Salas de tratamento

As salas de tratamento são ambientes destinados ao tratamento do corpo: sala de massagem, sala para depilação, sala de manicure e pedicure, tratamento do rosto, solarium e assim por diante.

Na fase de projeto é necessário levar em conta os equipamentos a serem colocados, atendendo às várias normas de referência nacionais ou estaduais.

Por exemplo, as normas preveem:

  • Uma parte da superfície do balcão, com extensão de no mínimo 0,90 m, deve ter altura de no máximo 0,90 m do piso. Quando for prevista a aproximação frontal, o balcão deve possuir altura livre inferior de no mínimo 0,73 m do piso e profundidade livre inferior de no mínimo 0,30 m.
  • Os pisos devem ter superfície regular, firme, estável e antiderrapante, resistentes ao tráfego e de material de fácil limpeza.
  • Os espaços privativos para tratamento estético devem estar separados por divisórias de no mínimo 2 metros de altura para garantir a privacidade do cliente.
  • As salas devem estar equipadas com lavatórios. Todos os aparelhos necessários ao trabalho dos profissionais devem estar localizados próximos às estações de trabalho, facilitando o acesso e promovendo conforto.

Os salões de beleza, em razão de sua atividade, produzem resíduos de serviços de saúde e, portanto, devem atender à Resolução 358/2005 do Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA, devendo elaborar e implantar o Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde – PGRSS, de acordo com a norma vigente.

Ao projetar um salão de beleza, é aconselhável manter a entrada separada (mesmo que apenas visualmente) dos ambientes de tratamento, de forma a evitar sensações de desconforto para os clientes e favorecer maior privacidade.

Um exemplo prático: projetar um salão de beleza de 70

Descrição do projeto

O projeto de um salão de beleza começa a partir do tamanho do espaço disponível, pois na maioria das vezes é necessário aproveitar os ambientes existentes adaptando-os às necessidades específicas de projeto.

Planimetria - projeto salao de beleza - realizada com um software de arquitetura BIM

Projeto de um salão de beleza – planimetria

É possível distinguir entre salões de beleza de grande, médio e pequeno tamanho: 100, 70 ou 40 m². No nosso caso, vamos projetar um salão de beleza de 70 m², caracterizado por 3 ambientes:

  • Entrada / sala de espera
  • Onstalações sanitárias
  • Salas de tratamento

A entrada foi concebida para obter um forte impacto visual e encantar o cliente.

Para dar mais ritmo às superfícies planas, tanto horizontais como verticais, foram incluídos forros e paredes perfuradas, enriquecidos com luzes led e holofotes. Além disso, para reduzir ainda mais a monotonia, foram inseridas algumas estantes dentro dos nichos na parede atrás do balcão e na parede de fundo.

Para garantir maior iluminação e um melhor efeito cênico, foi usado um material envernizado nas paredes e nos forros, bem como um tijolo de vidro na parede atrás dos assentos e na parte interna de uma das duas paredes curvas destinadas a separar a entrada do corredor.

Também prevemos dois espaços para os banheiros, um para clientes e outro para pessoal. O primeiro possui dois WC e um corredor, também acessível por pessoas com deficiência; o segundo consiste de um WC e um corredor, também usado como pequena área de depósito. Ambos os banheiros são revestidos com material facilmente lavável, conforme normas de referência.

A área destinada aos tratamentos consiste em duas salas: a primeira para massagem, tratamento facial, depilação e outros tratamentos que requerem maca estética; a segunda para pedicure e manicure, assim como outros tratamentos que não exigem equipamentos especiais.

A primeira sala possui uma parede, alta 2,20 m, que separa as duas estações de trabalho com as respectivas camas; também possui um chuveiro em comum e um lavatório por estação de trabalho. As paredes são revestidas com madeira tratada.

Quanto à segunda sala, é um ambiente único equipado com mesa e assentos de manicure, além de uma estação de pedicure. Neste caso, as paredes foram pintadas com material lavável para atender às normas de higiene.

Download progetto architettonico

Baixe gratuitamente o modelo BIM do projeto (formato .edf)

Baixe gratuitamente Edificius, o software BIM para projeto arquitetônico

 

edificius
edificius