O que é a gestão de projetos na construção civil

A gestão de projetos na construção civil é a melhor maneira de economizar recursos e cumprir os cronogramas do projeto. Vamos ver como

A boa gestão de um projeto é o primeiro passo para o sucesso de todo o processo construtivo.

Nesse sentido, é indispensável o uso de um BIM Management System para gerenciar todos os aspectos do projeto (e do ciclo de vida de um trabalho), incluindo atividades de coordenação e colaboração dentro da equipe de trabalho.

Neste artigo descobriremos juntos o que é a gestão de projetos no setor da construção e quais as vantagens para técnicos, empresas e clientes.

O que é a gestão de projetos na construção civil?

A gestão de projetos na construção civil (em inglês, Project Management)é o processo de organizar cada fase do ciclo de vida de um projeto, da concepção à conclusão. É uma prática holística que visa cumprir os prazos e custos previstos para a entrega de um projeto.

A gestão de projetos na construção civil é uma disciplina complexa porque contempla muitas questões importantes, incluindo controle de custos, programação, aquisição de materiais e avaliação de riscos.

O gestor de projeto é a figura profissional responsável pela gestão de projetos e tem a função de interagir com todos os membros da equipe envolvidos em um projeto de construção (profissionais, proprietários, empreiteiros, etc.) para garantir que eles cumpram os prazos e orçamentos estabelecidos e alcancem as metas.

 A imagem mostra como o BIM ajuda a gestão de projetos e ilustra a gestão de figuras profissionais

Como o BIM ajuda a gestão de projetos | gestão de figuras profissionais

O papel do gerente de projeto pode ser desempenhado pelo empreiteiro, gerente de construção, etc.

O objetivo do gerente do projeto é garantir que todo o processo de construção seja realizado de acordo com o plano e sem imprevistos, respeitando o orçamento, o cronograma, a alocação de recursos, a garantia de qualidade, etc. Além disso, ele é responsável por avaliar os riscos em tempo real e informar as partes interessadas sobre o andamento dos trabalhos. Em resumo, seu objetivo é simplificar a comunicação e garantir que todos os processos sejam eficientes e on-line em todas as etapas.

As atividades do gerente de projeto são apoiadas pelo uso de um sistema de gestão BIM que lhe permite:

  • visualizar online e gerenciar de forma avançada os formatos de arquivo mais utilizados no setor de construção (.IFC, .BCF, .RVT, .RFA, .DWG, .DXF., LAS, .LAZ, .geoJson; etc).
  • Armazenar e compartilhar arquivos de projeto independentemente do formato dos dados, do local onde você trabalha ou do dispositivo que você usa.
  • Gerenciar problemas (issues) do modelo 3D e em seus dados diretamente na nuvem.
  • Obter fluxos de trabalho e processos rastreáveis.
  • Colaborar em tempo real com toda a equipe de projeto, execução e manutenção.
  • Dispor de serviços de comunicação integrados ao sistema (chat, reunião online e compartilhamento de desktop).
  • Elaborar estimativas de custos diretamente online sem aplicativos instalados e de forma colaborativa.
  • Criar um sistema de informação da construção online, enriquecendo o modelo digital 3D com dados e documentos.
  • etc.

Se você lida com BIM ou tem interesse em aprender mais sobre o tema, recomendo também o artigo “Project Management e a contribuição do BIM”.

Por que a gestão de projetos é importante na construção?

A gestão de projetos é um aspecto importante para a indústria da construção, pois ajuda a evitar conflitos resultando uma economia significativa de custos para o proprietário.

Detectar erros antecipadamente, em vez de encontrá-los na fase de construção, permite resolver problemas sem causar atrasos demorados em todo o projeto. Ao revisar regularmente as atividades de construção e organizar auditorias periódicas, aumenta a possibilidade de descobrir conflitos, reduzindo mudanças e imprevistos durante a fase de execução (quando fazer mudanças se torna complicado e caro).

Quanto mais cedo for detectado um desvio do planejamento, mais fácil e barato será ajustar ou corrigir o problema.

Em resumo, as vantagens da gestão de projetos na construção são:

  • economia de tempo e dinheiro;
  • melhor gestão de recursos;
  • otimização da comunicação interna;
  • competitividade empresarial.

Qual é o fluxo de trabalho da gestão de projetos?

Um sistema de gestão de projetos por meio de um fluxo de trabalho específico aumenta a eficiência do projeto, a produtividade e a transparência entre as partes interessadas, economia de custos e as chances de um projeto ser concluído no prazo e dentro do orçamento.

Aqui estão os principais fluxos de trabalho que melhoram a gestão de projetos na construção civil:

  • fluxo de trabalho 1 – Revisão do projeto: nas fases iniciais de um projeto de construção, o profissional responsável elabora uma proposta de projeto apresentada através de gráficos 2D e modelo 3D BIM. O processo de projeto envolve várias partes interessadas e a colaboração torna-se essencial. O fluxo de trabalho, nesta fase, inclui um sistema de gestão de projetos, fornecendo um fluxo de trabalho personalizado que conecta todos os principais interessados de forma colaborativa em uma única plataforma e inclui atualizações automáticas de documentos para realizar todas as etapas necessárias no processo. Um sistema de gestão BIM facilita o trabalho do gerente de projeto, pois os documentos são anexados automaticamente a cada oferta e as projeções de custos são informadas automaticamente.
  • Fluxo de trabalho 2 – Solicitação de Informação: Uma Solicitação de Informação (RFI) expressa a necessidade de esclarecimento ou informação adicional sobre o projeto. Pode ocorrer durante qualquer fase do projeto, mas normalmente vem do empreiteiro geral que precisa de esclarecimentos sobre os requisitos do projeto. Tradicionalmente, uma RFI ocorre mediante um e-mail não rastreável ou uma pergunta verbal. No entanto, especialmente quando se trata de projetos muito grandes, o monitoramento e gerenciamento de RFIs é essencial para o gerente de projetos.
  • Fluxo de trabalho 3 – Mudança no gerenciamento de pedidos: as alterações do projeto levam tempo e geralmente reduzem seu orçamento. Eles podem surgir de diferentes fatores: modificação das preferências do proprietário, erros de projeto, eventos imprevistos resultantes de condições externas, etc.
    Sem um sistema de gestão de projetos, o e-mail é a principal via de comunicação, mas gera pouca clareza no fluxo de trabalho: é aqui que um sistema de gestão de projetos, gerenciado com um BIM Management System, facilita a comunicação entre os membros da equipe. Cada colaborador no fluxo de trabalho, do gerente de projeto ao empreiteiro e ao proprietário, pode acessar a nuvem e identificar rapidamente as alterações que, na ausência de tal sistema de gestão, deveriam ser feitas manualmente nos arquivos. Com um sistema de gestão de projetos, é estabelecido um processo de workflow padronizado para garantir que as informações e solicitações sejam compartilhadas com toda a equipe em tempo real. As vantagens de um fluxo de trabalho personalizável e padronizado são transparência, confiança nos dados e a capacidade de relatar o status de um projeto em tempo real.
  • Fluxo de trabalho 4 – Fatura / Pagamentos: O rastreamento de pagamentos e faturas emitidas requer um sistema de gestão de projetos personalizado que registre, encaminhe e atualize adequadamente os relatórios de custos do projeto em tempo real. Depois que uma fatura é enviada e revisada, o documento é atualizado automaticamente em tempo real para permitir a tomada de decisão correta e mitigar os desafios anteriores de captura de dados insatisfatória.

Qual modelo você precisa para a gestão de projetos na construção civil?

O modelo de gestão de projetos na construção civil é um modelo pré-impresso que pode ajudá-lo a documentar várias atividades do projeto, como planejamento, definição de metas, criação de cronograma de trabalho, gerenciamento de custos, atribuição de tarefas, etc.

O objetivo desse modelo é ajudar o gerente de projeto a economizar tempo para gerenciar novos projetos: não há necessidade de começar do zero todas as vezes e todas as operações repetitivas e tediosas são ignoradas.

Existem diferentes tipos de modelos específicos para cada atividade do projeto:

  • modelos de planejamento semanal;
  • modelos de planejamento diário;
  • modelo de cronograma do projeto (para planejar o tempo a ser dedicado a cada atividade);
  • modelo de orçamento (para verificar despesas e acompanhar receitas e despesas);
  • modelos de relatório de status do projeto (para monitorar o progresso das atividades);
  • etc.

 

usbim
usbim