Home » BIM e educação/formação » BIM 8D: o que é e quais seus benefícios?

A imagem ilustra o conceito do BIM 8D

BIM 8D: o que é e quais seus benefícios?

Confira o que é o BIM 8D e como pode ajudar para aprimorar a segurança no canteiro, monitorar e prevenir o risco de acidentes

Quer saber o que é o BIM 8D?

Se você trabalha no setor da construção, é imprescindível conhecer tudo sobre o 8D, ou seja, a dimensão do BIM que te auxilia, desde a fase de projeto, a gerenciar a segurança no canteiro de obras e prevenir riscos e perigos para os trabalhadores.

A imagem mostra um canteiro de obras digital modelado com o Edificius

BIM 8D e canteiro de obras digital

BIM 8D: conceito e benefícios

O BIM 8D é a dimensão do BIM que enriquece o modelo geométrico da construção com informações referentes à segurança durante as fases de projeto e execução da obra.

Na prática, é possível modelar o canteiro de obras em todas as suas partes (cercas, áreas de armazenamento, andaimes, máquinas, sinalização, etc.) e visualizá-lo de forma realista, também graças a tecnologias avançadas como a realidade virtual e a renderização em tempo real.

A imagem ilustra o uso da realidade virtual para visualizar o canteiro de obras

Como visualizar o canteiro de obras com a realidade virtual

Para atingir esses resultados, é essencial adotar softwares profissionais, equipados com bibliotecas específicas de objetos BIM que simulam qualquer tipo de máquina e equipamento para canteiro de obras, de forma a poder escolher os modelos mais adequados a cada necessidade.

O objetivo é ter uma visão geral do canteiro de obras, já na fase de projeto, para prevenir eventuais situações de risco e perigo para os trabalhadores. Pré-visualizar o canteiro de forma realista, de fato, torna mais fácil e eficaz analisar todos os cenários possíveis e evitar perigos e criticidades em todas as fases das obras.

As dimensões do BIM

O termo “dimensões do BIM” se refere a todos os aspetos e as informações incluídos no processo de digitalização de uma obra.

Quando falamos de representação gráfica do edifício, geralmente utilizamos os termos 2D (representação bidimensional do modelo por meio de plantas, elevações e cortes) e 3D (representação do modelo no espaço). 2D e 3D são precisamente “dimensões” que caracterizam a geometria de um modelo.

Também existem mais dimensões do BIM (4D, 5D, 6D, etc.), que comunicam outras características do modelo.

O BIM é, na verdade, mais do que a simples modelagem tridimensional em 3D, pois envolve muitas outras dimensões que agregam informações úteis à obra a ser construída ou gerenciada.

Aqui estão as dimensões do BIM:

  • 3D – modelo tridimensional do edifício
  • 4D – análise dos tempos de realização da obra
  • 5D – análise dos custos
  • 6D – avaliação da sustentabilidade
  • 7D – gerenciamento das obras realizadas (Facility Management)
A imagem ilustra as 10 dimensoes do BIM

As 10 dimensões do BIM

BIM 8D, 9D e 10D

Além das 7 dimensões já padronizadas, hoje também se fala de 3 novas dimensões do BIM:

  • 8D – segurança na fase de projeto e construção da obra
  • 9D – construção ágil
  • 10D – industrialização da construção

Neste artigo, vamos focar no BIM 8D, a dimensão da segurança.

Se você quiser saber mais sobre as demais dimensões do BIM, leia seus respectivos artigos:

BIM 8D e segurança no canteiro de obras

A construção civil é o setor que mais registra acidentes graves no trabalho.

Graças ao BIM, é possível verificar com mais precisão as condições do canteiro de obras, identificar antecipadamente os perigos, planejar as fases das obras, além de gerenciar a comunicação e o treinamento dos trabalhadores, assim como criticidades e interferências entre os diversos processos.

Nesse sentido, o BIM pode se tornar um importante suporte para uma gestão eficaz da segurança nos canteiros de obras. Vamos descobrir como!

O BIM 8D permite criar o canteiro de obras digital, ou seja, um modelo 3D completo com todos os objetos e equipamentos que serão, na realidade, utilizados na fase operacional.

O resultado é um modelo realista que reproduz perfeitamente o canteiro real com máquinas, obras temporárias, trabalhadores em movimento, etc. Desta forma, é possível verificar os gabaritos e simular situações de emergência, a fim de avaliar a exatidão das escolhas de projeto e, eventualmente, intervir para modificá-las.

Graças às funcionalidades do BIM, é de fato possível focar na análise de cada risco identificado e revisar com antecedência os fluxos de trabalho de modo que cada trabalhador se prepare para qualquer tipo de atividade. Isso, naturalmente, permite evitar perigos: analisando o cronograma das obras já na fase de projeto, é mais fácil integrar todos os aspetos relativos à realização da obra.

Além disso, o BIM, metodologia colaborativa por excelência, também favorece o compartilhamento de qualquer elemento do projeto, inclusive o planejamento da segurança no canteiro, para prevenir na fase de execução situações de risco não calculadas.

Em última análise, o BIM possibilita:

  • representar de forma realista o canteiro de obras completo com todas as atividades a realizar e as informações de referência (contexto urbano, orografia da área, criticidade da área, etc.).
  • Ter uma visão completa dos cenários do canteiro.
  • Elaborar planos de segurança detalhados e sempre atualizados.
  • Planejar os tempos e a organização de cada atividade.
  • Identificar e analisar com precisão as escolhas de projeto mais adequadas em relação à segurança.
  • Prevenir riscos, intervindo nas escolhas de projeto que podem gerar perigos.
  • Visualizar em 3D o canteiro digital.
  • Capacitar os trabalhadores até pela realidade virtual.
  • Reduzir o risco de acidentes.

BIM 8D: soluções de software

Para modelar o canteiro de obras digital e adicionar informações de segurança ao modelo BIM, é necessário usar softwares específicos.

Em particular, o software de modelagem BIM 8D deve permitir:

  • modelar em 3D o canteiro de obras (equipamentos, modelo BIM da edificação, etc.).
  • Dispor de uma grande biblioteca de objetos BIM a adicionar ao modelo para conseguir uma representação realista.
  • Simular em 4D a evolução do canteiro ao longo do tempo e nas diferentes fases das obras, e destacar eventuais interferências e sobreposições.
  • Integrar dinamicamente o modelo BIM com os Planos de Segurança em um único ambiente BIM.
  • Visualizar o modelo do canteiro de forma realista com renderização em tempo real e realidade virtual, a fim de avaliar os possíveis cenários de risco em primeira mão e facilitar o treinamento dos profissionais.
  • Compartilhar o modelo de canteiro de obras na nuvem para interagir com todos os profissionais envolvidos.
  • Importar e exportar o modelo para o formato IFC.

Está procurando um software que te permita fazer tudo isso? Então baixe CerTus HSBIM, o software BIM para gerenciamento de canteiros de obras.

Ferramentas de modelagem BIM para prevenção de acidentes

A taxa de acidentes no setor da construção é quase o dobro daquela de outros setores. Estudos e análises, de fato, confirmaram que muitos riscos de segurança são gerados já na fase de projeto. A maneira ideal de lidar com um perigo é eliminá-lo na origem, ou seja, prevê-lo por meio de um projeto adequado. No passado, não existiam ferramentas para gerenciar eficazmente a conexão entre projeto e a segurança no canteiro de obras. Hoje, graças ao BIM e a softwares profissionais, a segurança no trabalho pode ser monitorada já na fase preliminar.

Com o CerTus-HSBIM, você pode projetar o canteiro de obras e incluir informações sobre sua evolução no tempo e no espaço: modela o canteiro, otimiza tempos, elabora planos de segurança, obtém automaticamente as pranchas gráficas do canteiro, e até organiza cursos de formação para os trabalhadores. Tudo isso em um único ambiente!

 

certus-hsbim
certus-hsbim