Manutenção corretiva: o que é e como realizá-la

A manutenção corretiva é uma estratégia usada para reparar um ativo após um dano. Saiba como realizá-la.

Para manter um ativo sempre eficiente do ponto de vista funcional, é necessário realizar uma série de atividades de manutenção, que variam em relação às características e finalidades do próprio ativo.

Neste artigo, você conhecerá as principais características de um dos muitos tipos de manutenção: a manutenção corretiva.

Antes de analisarmos em conjunto as peculiaridades deste tipo de manutenção, suas vantagens e desvantagens, recomendamos antes de tudo, a versão de teste de um software de Facility Management, para descobrir o quanto ele pode simplificar suas tarefas de manutenção e lhe dar controle total em todos os aspectos do processo.

O que é a manutenção corretiva?

A manutenção corretiva é uma atividade de manutenção necessária quando um bem, máquina ou equipamento está fora de serviço e tem como objetivo retorná-lo às condições operacionais.

 A imagem ilustra um fluxograma de manutenção corretiva

Fluxograma de manutenção corretiva

Uma atividade de manutenção corretiva é necessária quando:

  • uma máquina ou parte dela sofrer danos;
  • uma falha é encontrada após uma inspeção de rotina;
  • o monitoramento de condição destaca um problema.

Quais são os tipos de manutenção?

Os cinco principais tipos de manutenção corretiva são:

  1. reparo de falha: restaurar um ativo com falha ao seu estado operacional.
  2. Revisão: restaurar um ativo ao seu estado de serviço, conforme definido pelos padrões de manutenção.
  3. Recuperação: eliminação e substituição de peças de máquinas que não podem ser reparadas.
  4. Manutenção: reparo após uma ação corretiva.
  5. Reconstrução: desmontagem das partes de um bem, com reparação das aproveitáveis e substituição das não reutilizáveis com o objetivo de restaurá-lo em conformidade com os padrões e desempenhos originais.

Todos esses tipos de manutenção podem ser agrupados em duas grandes categorias:

  1. Manutenção planejada/preventiva: a manutenção é programada, ou seja, ocorre antes do equipamento falhar.
  2. Manutenção não planejada/corretiva: ocorre em caso de falha inesperada ou em caso de falta de um plano de manutenção.

Um meio-termo entre as duas condições é a chamada manutenção Run-To-Failure (RTF), também conhecida como “manutenção de ajuste e esqueça”, que segue uma regra simples, ou seja, esperar até que o equipamento falhe ou quebre. Geralmente, opta-se por não reparar o dispositivo, e sim apenas substitui-lo, não havendo de fato uma verdadeira manutenção.

A imagem ilustra os 5 tipos de manutenção corretiva

Tipos de manutenção corretiva

Qual a diferença entre manutenção preventiva e corretiva?

A principal diferença entre manutenção preventiva e manutenção corretiva diz respeito ao momento da sua aplicação:

  • a manutenção corretiva é comumente realizada após a ocorrência de falha do equipamento;
  • a manutenção preventiva é realizada periodicamente para reduzir a probabilidade de ocorrência de falhas de equipamentos e para antecipar e mitigar o risco de paradas não planejadas.

Ambas as estratégias são muitas vezes necessárias: um plano de manutenção preventiva é muito importante para gerir de forma organizada todos os ativos de uma empresa, mas podem surgir problemas repentinos e imprevisíveis, sendo necessário restabelecer de forma reativa o funcionamento dos ativos através de intervenções de manutenções corretivas.

Pros e contras da manutenção corretiva

A manutenção corretiva, infelizmente, traz consigo um certo número de contras, entre as quais citamos:

  • imprevisibilidade: não saber concretamente quando ocorrerá o dano aos recursos devido ao aparecimento de falhas repentinas, com consequente interrupção do trabalho e paradas imprevistas.
  • Aumento dos custos de manutenção a longo prazo: a utilização da manutenção corretiva desvinculada de uma estratégia de manutenção preventiva acarreta um aumento geral dos custos, pois o maquinário se desgasta antes que os problemas sejam descobertos, e a simples reparação preventiva de um componente pode traduzir-se na substituição de todo o aparelho.
  • Problemas de segurança: a necessidade de resolver rapidamente problemas inesperados pode acontecer que os trabalhos de manutenção não sejam executados corretamente ou não sejam concluídos, criando problemas de segurança para o ambiente de trabalho e para todos os técnicos.

No entanto, também existem algumas vantagens:

  • simplicidade: este tipo de manutenção é simples de executar porque surge em resposta ao aparecimento de avarias de máquinas e não requer ferramentas complexas para identificá-las antecipadamente.
  • Menor planejamento: requer menos planejamento do que a manutenção preventiva, mesmo quando os reparos são planejados;
  • Custos menores a curto prazo: se trata de poucos recursos e a curto prazo, a manutenção corretiva permite reduzir custos, intervindo apenas quando necessário.

Como melhorar suas estratégias de manutenção

Muitas vezes, uma estratégia de manutenção ideal deve incluir uma combinação de manutenção preventiva e corretiva. De facto, a manutenção preventiva é essencial para evitar problemas dispendiosos às quais não é necessário dedicar intervenções preventivas complexas.

Enfim, encontrar a estratégia vencedora que combina atividades de manutenção preventiva e corretiva da maneira certa requer uma análise abrangente dos inúmeros dados de manutenção. Uma análise deste tipo só é possível através de um software de gestão de instalações específico, capaz de processar todos os dados de manutenção e criar automaticamente relatórios detalhados, fáceis de ler, que permitem tomar decisões mais vantajosas em cada processo de manutenção.

Por este motivo, aconselhamos a experimentar imediatamente um software de Facility Management, que oferece inúmeras outras funções úteis na gestão das atividades de manutenção preventiva e corretiva, tais como:

  • planejamento e acompanhamento das atividades de manutenção;
  • criação automatizada de ordens de serviço de manutenção;
  • controle total sobre a produtividade da instalações.

 

usbim-maint
usbim-maint